segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Futebol de Alegrete (RS)

2011. Ênio Luiz Moraes, o "Luizão", criador do "Museu de Futebol João Saldanha", foi merecidamente homenageado pela Câmara Municipal de Alegrete, com o título de "Cidadão Alegretense". (Foto: Pop TV - RS)




Com a colaboração de outros desportistas, "Luizão" resgatou documentos, fotografias e troféus, quando criou o "Museu de Futebol João Saldanha", em Alegrete. Foto:  Alair Almeida – “Correio do Povo”, de Porto Alegre)

As fichas de inscrição dos atletas Ronaldinho Gaúcho, Alexandre Pato e Riquelme – que jogaram no Encontro de Futebol Infantil Pan-americano (Efipan) chamam a atenção de quem visita o “Museu dos Esportes, João Saldanha”. O espaço foi idealizado pelo ex-atleta profissional de futebol Ênio Luiz Morais, o “Luizão”, que há 35 anos reside na cidade da região Fronteira-Oeste.

Há alguns anos “Luizão” vem juntando súmulas de jogos, fotos, fichas de jogadores, camisetas e principalmente troféus que formam a galeria dos esportes de Alegrete. Do acervo constam documentos e informações sobre dois mil atletas de todas as categorias e modalidades de esportes.

Em 1972, “Luizão” jogou futebol profissional no Aimoré, de São Leopoldo ao lado de Luiz Felipe Scolari, o treinador que comandou a Seleção Brasileira pentacampeã do Mundo e também a atual, que se prepara para a Copa do ano que vem, no Brasil.

O ex-jogador é responsável pelo resgate da história de glórias dos clubes alegretenses. No Museu organizado por ele, com a colaboração de outros desportistas, conseguiu reunir o acervo do Guarany Foot Ball Club, que conquistou dois vice-campeonatos estaduais, em 1922 e em 1931. O troféu de vice-campeão é prata pura.

Em 1961, o mesmo Guarany foi campeão da Segunda Divisão de futebol profissional do Rio Grande do Sul. Hoje, o clube não existe mais, mas a sua memória é preservada. Também estão guardados no local fragmentos da documentação do Clube Atlético Sete de Setembro, que foi campeão estadual de futebol de salão em 1960.

Registros e fotografias lembram a passagem de visitantes ilustres, como Falcão, que abriu o primeiro Efipan na década de 1980, Figueroa e Branco também passaram pelo “Museu João Saldanha”, além de  desportistas de Johanesburgo e de Londres.

Agora, "Luizão" luta para ampliar o espaço físico de seu Museu, instalado sob as arquibancadas do “Estádio Municipal Farroupilha” e para isso conta com o apoio da Prefeitura de Alegrete. O município da Fronteira-Oeste do Estado tem oito museus. Um deles está instalado na zona rural.

Existiram muitas equipes em  Alegrete, como o Guarany, Flamengo, Botafogo, São Cristovão, Brasil e outras, que sempre revelaram verdadeiros craques , entre eles Algemiro, Assumpção, Patudo, Carús, Miguel, Pedrinho Martinez, Hermes Bicca, Fanti, Castelhano, Reinaldo, Moderato, Tia Joana e muitos outros. Hoje, todos eles são lembrados no “Museu do Futebol João Saldanha”, localizado no Estádio Municipal Farroupilha.

2010. O Clube Escolinha de Futebol Flamengo é uma agremiação do município de Alegrete (RS). O Rubro-negro Foi fundado em 14 de julho de 1963, em a sua Sede na Rua Mariz e Barros, 292 – Centro de Alegrete.

O Flamengo manda os seus jogos no Estádio Municipal Farroupilha, com tem capacidade para 1.500 pessoas. Atualmente, disputa o Campeonato Gaúcho da Série B, de Profissionais.Time do Flamengo no Efipan. (Foto: Arquivo do clube)

 
2009. Estádio Municipal Farroupilha, durante o Efipan. (Foto: Divulgação)

2005. Neymar participou do EFIPAN Pan-Americano, realizado de 8 a 22 de fevereiro. Grupo reunido na Central de Alegrete. (Foto: Arquivo de Toninho Becon)

1998. Sindicato Futebol Clube, campeão da copa "A Razão".

1981. Flamengo, de Alegrete. (Foto: Museu de Futebol João Saldanha)

Raríssima foto do Grêmio de Alegrete no ano de 1979, equipe amadora que disputava o certame municipal. (Foto: Museu de Futebol João Saldanha)

1973. Jornal "Gazeta de Alegrete”. (Foto: Arquivo de Toninho Becon)

1973. A.A. Alegrete, que nasceu de uma fusão entre Guarany F.B.C. e Flamengo. Em pé: Joceni - Pedrinho - Toninho Becon - Jesusinho - Balbiano e Turquinho. Agachados: Erialdo - Cobrinha - Ratinho Tarzan e Pedrinho Martinez. (Foto: Arquivo de Toninho Becon)

A Associação Atlética Alegrete tinha um projeto ousado de construção de seu estádio. (Foto: Museu de Futebol João Saldanha)

Presidentes do Guarany F.B.C. de 1949 até 1973. (Foto: Arquivo de Thales Medeiros Ferreira da Costa)

Todos os Presidentes do Guarani F.B.C.

1912 a 1914 - Celso de Oliveira Quintana
1915 - Gesuíno Orique Ribeiro
1916 - Dorval Antunes Maciel
1917 - Gesuíno Orique Ribeiro
1918 a 1919 - Major José Espínola
1920 - Jacques Freitas Valle
1921 a 1922 - Magno Xavier
1923 - desconhecido
1924 - Jacques Freitas Valle
1925 - Salatiel Santos
1926 - Geraldo Ribeiro
1927 - Celestino de Moura Prunes
1928 - Silvio Duncan
1929 a 1931 - Celestino de Moura Prunes
1932 - Geraldo Ribeiro
1933 a 1934 - Coronel Mário Neves Galvão
1935 - Mário Lecuona Borges
1936 - Geraldo Ribeiro
1937 - Telêmaco Ruas
1938 a 1939 - Antônio Escarrone da Silva
1940 - Mário Borges
1941 - Telêmaco Ruas
1942 a 1943 - Mário Borges
1944 - Telêmaco Ruas
1945 - Nilo Brasil Milano
1947 - Lucio Assumpção
1948 - Coronel Mário Neves Galvão
1949 - Franklin Jorgens
1950 - Coronel Mário Neves Galvão
1951 a 1952 - Alfeu Bueno Cueto
1953 a 1954 - Mário Thadeu
1955 - Oswaldo Ferrari
1956 - Mirandolino Comaru
1957 a 1959 - Delci de Souza Dornelles
1960 - Plínio Assumpção
1961 a 1962 - Francisco Larré
1963 - Olímpio F. Guerra
1964 a 1965 - Plínio Assumpção
1966 - José Pinto Bicca de Medeiros
1967 - Aristófanes Ferreira da Costa
1968 - Luiz Alberto Fernández
1969 a 1970 - Pery de Quadros Mazullo
1971 a 1972 - Auri Severo Dornelles

Sem o ano. Estádio Farroupilha, em Alegrete, durante jogo festivo entre América e Lanceiros, de Canabarro, clubes amadores. (Foto: Arquivo de Wado Mendonça)

Década de 1970. Segundo time da Ponte Preta, equipe amadora de Alegrete, num jogo em Quarai. (Foto: Arquivo de Adair da Rosa)

Década de 1970. América, time amador de Alegrete. (Foto: Arquivo de Wado Mendonça)

João Saldanha nasceu em Alegrete em 1917 e faleceu no dia 12 de julho de 1990, durante a Copa do Mundo, em Roma. Jornalista combativo, treinador, apaixonado por futebol, conseguiu unir o Brasil — então politicamente dividido — em 1969, por ocasião das eliminatórias para aquela que seria a Copa do tricampeonato no México.

Era o técnico da seleção brasileira de futebol, formou o time que conquistou a Copa do Mundo de 1970. Único técnico que, até hoje, obteve cinco vitórias consecutivas na etapa classificatória da Copa de 1970. Demitido às vésperas da Copa do Mundo de 1970, João Saldanha denunciou os subterrâneos da Seleção num desabafo à “Revista Placar” de março de 1970.

"Quando entrei na Seleção, fui criticado, massacrado. Todos os brasileiros têm o seu time, eu tinha o meu, como brasileiro. Escalei o meu time. Então sofri as maiores injunções que jamais alguma pessoa possa ter sofrido. Mas o meu time era o meu time. Fui para as Eliminatórias, lutei. Entre os 16 países classificados para a Copa, o Brasil foi o que conseguiu a classificação mais brilhante, mais elogiada pela imprensa estrangeira."

De temperamento difícil, extremamente corajoso, fez muitos inimigos na vida. Mas todos admiravam aquele homem (ainda que muitas vezes não o perdoassem pelas aventuras que dizia — e acreditava — ter vivido) que assistiu a todas as Copas do Mundo de futebol; que, como jornalista, cobriu a guerra da Coréia; que desembarcou na Normandia com Montgomery e que fez a grande marcha com Mao Tse-Tung. (Fonte: Livro “Alegrete 150 anos” ("Alegrete em Fatos"), de Danilo Assumpção Santos (Diretor do CEPAL - Centro de Pesquisa e Documentação de Alegrete), 2007 - Prefeitura Municipal e Editora Nemitz (Nosso Guia), Alegrete-RS.)

Flamengo, sem o ano. (Foto: Museu de Futebol João Saldanha)

Guarany F.B.C., sem o ano. (Foto: Museu de Futebol João Saldanha)

O Guarany F.B.C., de Alegrete,  foi fundado no dia 20 de setembro de 1912, pelos irmãos Assumpção Lúcio, Euclides (Quida) e Luiz. Vindos de Bagé e entusiasmados com o futebol do Guarany bageense, resolveram fundar um clube homônimo em Alegrete: o Guarany Foot-Ball Club.

A reunião do ato de fundação do Guarani ocorreu na Barraca Adures, na Avenida Assis Brasil, número 170. O Primeiro presidente foi o doutor Celso de Oliveira Quintana.

O clube, recém-formado, fez um convite para que o Guarany, de Bagé disputasse uma partida amistosa em Alegrete. O jogo ocorreu no campo do Guarany, no local onde atualmente está situado o Instituto de Educação Oswaldo Aranha, e a partida terminou empatada em 0 X 0.

No dia 5 de junho de 1926, o Guarany disputou um amistoso contra o Uruguay Club de Atigas, na Praça 14 de Julho. Após licenciado por algum tempo, o clube retornas às suas atividades em 1938.


O Guarany, de Alegrete foi vice-campeão estadual por duas vezes: em 1922 e em 1931, perdendo o título em ambos os anos para o Grêmio. Filiado à Liga Alegretense de Futebol, foi 20 vezes campeão da cidade. (Fonte: Wikipédia)

1968. Guarany F.B.C., campeão municipal. Em pé: Copo Sujo - Aquiles - Nélson Lajes - esposa de Inar Marucho - ??? - Joceni - João Pedro Peres - Sapo - Evaristo - Turquinho - Luizito - Fernandes - Rubens Vaucher e Jorge Barbosa.Agachados: Gessy - Luiz Raul o Perereca - Julinho Barragana - ??? - Lélio - Canhoto e Pedrinho Martinez. (Foto: Museu de Futebol João Saldanha)

1967. Texto de Thales Medeiros Ferreira da Costa, lembrando as glórias do Guarany F.B.C..

1964 - Jantar do Guarany F.B.C. na churrascaria de Eraldo Göerguen, frente a antiga Flórida. (Foto:Arquivo de Albano Becker)

1961. Guarany F.B.C., campeão da Segunda Divisão. (Foto: Arquivo de Cláudio Romário Montanari Antunes)

1953. Guarany F.B.C.. (Foto: arquivo de Thales Medeiros Ferreira da Costa)

1952. Guarany F.B.C.. (Foto: Museu de Futebol João Saldanha)

Década de 1940. Botafogo F.B.C., de Alegrete.  Mandava seus jogos no Estádio Municipal Farroupilha. Disputou campeonatos da cidade e o Estaduak de Amadores de 1944, e o Campeonato da segunda Divisão de Profissionais de 1958. Existem duas versões sobre a data de fundação do clube, uma diz que foi em 7 de setembro de 1931, e outra afirma que foi em 1 de novembro de 1931. (Foto: Museu do Futebol João Saldanha)

Sem data. Botafogo F.B.C., de Alegrete. (Foto: Museu de Futebol João Saldanha)

1945. Flamengo, de Alegrete. O clube foi fundado em 15 de junho de 1943. Foi campeão municipal amador em 1945, 1946 e 1947 e profissional em 1954, 1955, 1956 e 1957, além de campeão gaúcho da Segunda Divisão de Profissionais em 1954. (Foto: Museu de Futebol João Saldanha)

Década de 1940 ou 1950. Guarany F.B.C.. (Foto: Museu de Futebol João Saldanha)

Sem ano. (Foto: Arquivo de Thales Medeiros Ferreira da Costa)

1931. Moderato Visinteiner, quando jogava no S.C. Cruzeiro, de Porto Alegre (Foto:Arquivo de Douglas Marcelo Rambor)

Moderato Visintainer nasceu em Alegrete, no dia 14 de julho de 1902 e faleceu em  Pelotas, no dia 31 de janeiro de 1986. Foi jogador da seleção brasileira de futebol na primeira Copa do Mundo de 1930 no Uruguai.

Moderato começou a jogar futebol na equipe do E.C. 14 de Julho, de Santana do Livramento. Em 1920 transferiu-se para o Guarani F.C., de Alegrete, onde jogou apenas um ano e foi para Porto Alegre jogar no Esporte Clube Cruzeiro, onde foi Campeão da Capital gaúcha em 1921 e ficou por duas temporada.

Depois, foi para o Rio de Janeiro, para o C.R. Flamengo, onde ele passou os melhores anos de sua carreira. Em sete anos ganhou dois campeonatos do Rio de Janeiro.

No Flamengo ele foi chamado pela primeira vez para a seleção nacional, que jogou contra equipes de outros países latino-americanos, e em seguida, disputou a primeira Copa do Mundo no Uruguai.


O Brasil perdeu o primeiro jogo contra a Iugoslávia, e contra a Bolívia Moderato entrou em campo e fez dois gols. Após a Copa do Mundo retornou a sua cidade natal, onde jogou mais dois anos pelo Guarany. Em 1931 sagrou-se vice campeão gaúcho, perdendo a decisão para o Grêmio, de Porto Alegre. Jogou mais um ano e, em seguida, encerrou a carreira. (Fonte: Wikipédia)

1931. Guarany F.B.C., campeão da Fronteira e vice campeão gaúcho. Destaque para primeiro convocado para a Seleção Brasileira, Moderato Visentainer, o segundo da esquerda para a direita. (Foto: Museu do Futebol João Saldanha)

1931. Notícia esportiva no jornal "Correio do Povo", de Porto Alegre. (Foto: Arquivo de Douglas Marcelo Rambor)

1931. Batista, goleiro do Guarany F.B.C. (Foto:Arquivo de Douglas Marcelo Rambor)

1931. Basílio, jogador do Guarany F.B.C. (Foto: Arquivo de Douglas Marcelo Rambor)

Guarany F.B.C., década de 1930 ou 1940. (Foto: Arquivo de Thales Medeiros Ferreira da Costa)
1929. Guarany F.B.C. (Foto: Museu de Futebol João Saldanha)
1922. Guarany F.B.C., vice-campeão estadual. Em pé: Sanches - Roque - Ciero - Claverie - Munheca e Cardeal. Agachados: Pesce - Lúcio - Fagundes I - Euclides e Fagundes II. (Foto: Antigo Álbum da FRGF de Futebol, datado de 1937 - Arquivo de Douglas Marelo Rambor)

Presidente do Guarany F.B.C. em 1922. (Foto: Antigo Álbum da FRGF de Futebol, datado de 1937 - Arquivo de Douglas Marelo Rambor)

1922. Final do Campeonato Gaúcho. Jogo Grêmio X Huaranu F.B.C. Aparecem os jogadores Lagarto (Grêmio) e Lúcio e Assumpção (Guarany), entre outros. (Foto: Museu do Futebol João Saldanha)

2 comentários:

renan marzullo disse...

Muito bonito ver a historia do futebol alegretese, que tambem se faz uma partenda hostoria do futebol brasileiro e mundial.

Carlos Fonttes disse...

estou historiando as unidades de artilharia que estiveram em alegrete -
em 1918 o comando da Região autorizou o Grupo a organização do “17º Grupo Foot-ball Clube”, sob a direção do 1º Sgt Luiz Mario Bicca Melchiades.
ALGUÉM PODERIA ME AJUDAR COM FOTOS OU MESMO COMENTÁRIOS?

obs: fiz o histórico do 10º B VLOG daí e deverá sair do 12º BE

CONTADO: carlosfonttes.2@gmail.com