terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Revelações sobre Eurico Lara

Antônio Almeida Junior - Uruguaiana, RS, Brazil. Bacharel em Direito, 27 anos, ex-presidente do Diretório Acadêmico de Direito Hermeto Pinto Bermudez, da PUCRS Uruguaiana, Gestão 2005-2007 e 2007-2009. Ex- delegado da UNE nos 50º e 51º Congressos Nacional da UNE em Brasília, 2007 e 2009. Desde 2005 trabalhando na Secretaria de Esportes "SMEL" na elaboração e execução de eventos esportivos, como Copa Uruguaiana de Futsal, Schimitinho de Futsal, Interbairros entre outros e delegado da Federação Gaúcha de Futebol em Uruguaiana/RS.

Pesquisas

Antônio Carlos de Almeida Alves Junior, motivado pelo jornalista e escritor esportivo Cláudio Dienstmann, realizou pesquisas sobre a história de Eurico Lara, ex goleiro do Esporte Clube Uruguaiana e craque do Grêmio Football Porto Alegrense, nas décadas de 1920 e 1930.

Com essas pesquisas descobriu no acervo histórico de Uruguaiana, talvez a única prova escrita ainda existente que, Eurico Lara foi realmente jogador do Esporte Clube Uruguaiana no ano de 1919.

Muitos historiadores e o próprio Grêmio, não tinham certeza de qual time da cidade de Uruguaiana Eurico Lara pertenceu, antes de ir jogar em Porto Alegre, segundo Cláudio Dienstmann.

Alves Júnior descobriu nos jornais da época, que Eurico Lara, como todos nós o conhecemos, tinha outro sobrenome depois de Lara, e também um apelido que até então eram desconhecidos do Grêmio e da história do jogador.

Eurico Lara, maior jogador de todos os tempos do Grêmio chamava-se na verdade Eurico Lara Fonseca, e era conhecido pelo apelido de “Calavera”. Está na matéria do Jornal “A NAÇÃO”, de 19 de setembro 1919:

“Passou a fazer parte do valoroso Uruguayana o famoso goal-keeper senhor Eurico Lara Fonseca, conhecido pelo appelido de Calavera”. Provando assim que o craque imortal do Grêmio, além de ter outro sobrenome, tinha também um apelido.

Essas pesquisas foram realizadas para colaborar com o livro que está sendo escrito pelo jornalista Cláudio Dienstmann, sobre a vida do ex-jogador Eurico Lara Fonseca.

Jornal da época.
Foi feita mais uma grande descoberta sobre a vida do ex goleiro do Grêmio Eurico Lara Fonseca “Calavera”.

Recentemente foram feitas algumas descobertas em Uruguaiana, sobre Eurico Lara, através de pesquisas realizadas por Antônio Carlos de Almeida Alves Junior. Ele conseguiu identificar um outro time em que Eurico Lara participou em Uruguaiana, antes de ser jogador do E.C. Uruguaiana e do Grêmio.

Esse time chamava-se “Militar”, e participava do campeonato local da época. Talvez o “Militar” tenha sido o primeiro time em que Eurico Lara Fonseca, conhecido na época por “Calavera” tenha jogado.

Sempre se teve dúvidas sobre quais times Lara jogou em Uruguaiana. Agora se sabe que atuou em pelo menos dois clubes locais, antes de ir jogar no Grêmio.

Agora temos quatro grandes descobertas sobre a vida de Eurico Lara:

- Ele chamava-se na verdade Eurico Lara Fonseca. Esse último sobrenome “Fonseca” era até hoje desconhecido na história do jogador.

- Lara tinha um apelido, que também desconhecido até hoje, “Calavera”.

- Documento comprovando que Eurico Lara jogou no Esporte Clube Uruguaiana.

- Documento comprovando que Eurico Lara Fonseca, o “Calavera”, antes de jogar no E.C. Uruguaiana, defendeu um time chamado “Militar”, formado por elementos que serviam no Exército, na época.

Jornal de 1919 que fala da contratação de Eurico Lara Fonseca pelo Esporte Clube Uruguaiana. Na época Lara era conhecido como "Calavera" e já era famoso.
Jornal da época em que fala da partida entre brasileiros e estrangeiros residentes em Uruguaiana. "Calavera" era o goleiro dos brasileiros.