domingo, 25 de agosto de 2013

Guarany de Cruz Alta



Fotos: Memorial do Esporte de Cruz Alta. Colaboração e Imagens: Lino Ceretta - Pesquisa: Fábio Figueiredo (Jornalista - MTb/RS 14.987)
 Colaboração e Imagens: Lino Ceretta


Veja o histórico do E.C. Guarany, de Cruz Alta, no blog www.nilodiasreporter.blogspot.com

1989 - Guarany vice-campeão estadual da 2ª Divisão. Em pé: Silvio - Jânio - Francisco Carlos - Chico Cebola - Ben Hur e Adilson. Agachados: Teixeirinha - Maninho - Tijolo - Batista e Éder.


1985. Jogo Guarany X Nacional, de Montevidéu. Inauguração da iluminação da “Taba Índia”.

13 de novembro de 1985.Inauguração da iluminação da "Taba Índia". Jogo Guarany 0 X 2 Nacional do Uruguai, gols de Villareal e Oble..Foi uma noite histórica para Cruz Alta e região.Os jogadores que participaram da inauguração foram:Theobaldo, Miguel, Bracinho, Fernando, Moacir, João Carlos,Chico Cebola, Mauro De Bortoli, Celso Freitas, Jarlei, Cadore,Miltinho De Bortoli, Libinho, João Batista e Neneco. Foi um grande jogo internacional, de repercussão em todo país, já que a imprensa deu grande destaque ao acontecimento. O E.C. Guarany pagou U$$ 15.000.00, mais estadia ao time uruguaio.

.
1985. Campeão estadual da 3ª Divisão.

1985 - Campão estadual da 3ª Divisão. Em pé: Pedro Feliciano - Jorge Eduardo Schmidt - Selmar (roupeiro) - Jair Winkler - Oldemar Farias - Pedro Westphalen (presidente) - Adair Batista Paes - Banana (técnico) - Theobaldo - João Carvalho (preparador físico) - Ben Hur - Celso Freitas - Miguel - Libinho - Chico Cebola - Moacir e Fernando. Agachados: Luiz Nélio (massagista) - Jardel - Admir - De Bortoli - Batista - Neneco - Teixeirinha - Jorge Valério e Mauro de Bortoli.

1967. Construção do Ginásio Municipal. (Foto: Memorial do Esporte de Cruz Alta)


1963 - Guarany campeão citadino. Em pé: Nadir Cruz (massagista) - Julião - Som - Perereca - Lino - Capucho - Sabará e Egard Klein (técnico). Agachados: Elizeu - Zózimo - Marieta - Libinho - Nico e Erecy.


1962. Em pé: Majo Braga (técnico) - Glênio - Lino - Som - Joni - Sabará e Laury - Agacjhados: Cláudio - Demarki - Ivo - Picasso e Libinho.

1961.

1961 - Em pé: Sabará - Cláudio - Joni - Lino - Julião e Glênio. Agachados: Coutinho - Geninho - Picasso - Ivo e Mattos.

1958. Equipe Juvenil. Em pé: Venâncio Paula - Andrade - Pitico - Rui - Hélio - Érico - Almar e Mauro. Agachados: José Noel - Daniel - Juarez - Luiz Carlos e Sorriso.

1957 - Guarany, no clássico Rrio-Gua. Em pé: Russinho - Baratinha - Picasso - Coffy - Carazinho e Lino. Agachados: Carioca - Pereira - Délio - Ivo e Laury.

 1957 - Em pé: Cico - Carioca - Baratinha - Carazinho - Coffy - Jane Falkenberg (raínha) e Lino. Agachados: Perereca - Délio - Ivo -Picasso e Laury.

1956 - Bi-campão estadual. Time do Guarany que entrou para a história Lino - Alma de Gato e Baratinha - Jaime - Capucho e Russinho - Tatu - Perereca - Chimbé - Telmo e Eloy treinador Moacir Carvalho Silveira.

1956 - Tri campeão citadino e vice estadual da Segunda Divisão. Em pé: sargento Moisés Véscia (técnico) ´Tatu - Nico - Perereca - Ivo - Laury, e Barbosa (massagista). Agachados: Maneco - Coffy - Lino - Capucho - Baratinha e Russinho.

Guarani 1955.  Lino - Alma de Gato e Baratinha - Jaime - Capucho e Russinho - Tatu - Perereca - Chimbé - Telmo e Eloy treinador Moacir Carvalho Silveira. (Acervo Fotográfico do lube)

1954 - Visita de Érico Veríssimo à "Taba Índia", onde foi secretário do Guarany na sua juventude. Acompanhado de sua esposa a senhora Mafalda Volpe Veríssimo, foram recepcionados pelo presidente do clube Egar Klein, João Constantino Carlan, Nonda Vaz, capitão João Domingos de Arruda (ex. presidente), Genésio Lazzari e seus filhos Orlando e Gelay, tenente Oscar Lamel e o ex-atleta Campos. O grupo posou para foto em frente a árvore plantada por Érico em 1948.

.1954 - Tri-campeão juvenil. Em pé: Paulo Ceratti - Sadi - Paula Lino - Maneco - Paulo Silva e Paulo Couto. Agachados: Laury  - Nico - Ivo - Picasso e Paixão.

 1954 - Guarany campeão estadual  segunda divisão. Foto tirada no estádio Timbaúva, em Porto Alegre, após a partida final contra o Atlântico, de Erechim. Vitória do Guarany por 1 X 0 gol de Tatu. Em pé: João do Prado (goleiro reserva) - Venâncio Paula (presidente) - Osmar Codinotti – Lino – Jaime – Baratinha – Capucho e Russinho. Agachados: Oscar (massagista do S. C. Internacional, de Porto Alegre)  - Tatu - Moacir Silveira (técnico) – Perereca – Chimbé - Telmo, Eloy e Moura (massagista do S.C.  Internacional, de Porto Alegre).

 1954 - Guarany campeão. Em pé: Jaime - Capucho - João do Prado - Alma de Gato - Carlos Silva - Maneco - Lino e Baratinha. Agachados: Russinho - Laury - Telmo - Pereira - Eloy - Tatu - Picasso e Nico.

1951 - Campeão. Em pé: Venâncio Paula (presidente) - Tatu Feio - Osmar - Libinho - Prinche e Serrano (goleiro reserva). Agachados: Ferriche I - Darci Lima - Perereca - Gaucho - Ferriche II e Tatu.  

 1946 - Campeão citadino. Em pé: Alvicio - Pilar - Joãozinho - Nonda Vaz(técnico) - Mauro - Gioconda Oliveira (rainha) - Zequinha e Gruber. Agachados: Ferriche - Comarú - Valdomiro - Chimbé e Ataíde.

1944 - Em pé: Ochôa - Otaran - Pedroso - Gruber - Zequinha e Jacaré. Agachados: Baiano - Ferriche - Cavalcante - Caveirinha e Chimbé.

1943 - Inauguração do Estádio da Taba Índia. Guarany 1 X 2 Riograndense. Rubens - Ochôa - Allan Cardec - Darvin - João Michelovski - Gruber - Fritz - Maia - Dizinho e Brandão.

1943 - Empate de 2 X 2 com o Nacional. Em pé: Valdomiro - Gruber - Adelbar - Bibi - Weber e Barros. Agachados: Fritz - Oliveiram - Tarter - Maia e Otaran.

1942 - Em pé: João Carlan (presidente) - Michalovski - Joao dos Santos - Pé de Ferro - Compatin - Ochôa _ Alan Cardec - Epaminondas Vaz e o árbitro. Agachados - Fritz - Maia - Volpe - Caveirinha e Gruber.

Taba Índia.

Taba Índia.

Taba Índia.

1942 - Pavilhão do Estádio "Taba Índia"

1942 - Inauguração da taba Índia, em 23 de agosto de 1942 - Cerca de 4.000 pessoas assistiram a inauguração. O senhor Pacífico Dias da Fonseca, Prefeito Municipal iniciou a série de solenidades. 1º jogo: Guarany 1 X 2 Riograndense. Gols de Nanduim e Inácio (Riograndense) e Darvin (Guarany)

1936 - Em pé: Lelo - Pauletti - Juracy - Natalino Aita - Heitor Campos - sargento Moisés Véscia - Cunha e Alfredo Sebastião. Sentados: Oliva - Feio e Pilão,

1935-1936.

Década de 1930.

Década de 1930.

1927 - Hexa campeão da Cidade. Em pé: Nonda - Dornelles e Ico - Agachados: Banana - Risada e Arnaldo. Sentados: Chagas - Chaminé - Nobre - Augusto e Chico.

Guarany – 1925 –  Tetra Campeão Citadino. Na ordem: Chagas - Banana - Chainé - Iço - Nobre - Nonda - Risada - Augusto - Analdo e Francisco. No chão, Dornelles (goleiro)



Primeiro campo do S.C. Guarany. (Foto: Arquivo particular do pesquisador Lino Ceretta)

Guarani, década de 1920.

Os times de Cruz Alta

Cruz Alta teve vários times de futebol, mas foram três, em especial, os mais importantes.

E.C. Guarany. Fundado em 20 de setembro de 1913, apelidado "Jequitibá da Serra". Seu estádio é a "Taba Índia". Suas cores, azul e branco.

Grêmio Riograndense F.C. Fundado em 30 de julho de 1929, apelidado de "Ferrinho" e "Tigre da Vila". Seu estádio é o "Siqueira Borges". Cores, vermelho e verde.

E.C. Nacional. Fundado em 17 de março de 1941. Seu Estádio é o "Morro dos Ventos Uivantes". As cores, azul e amarelo.

Outros clubes:Arranca, primeiro rival doE.C. Guarany; Internacional F.C.; Grêmio Futebol Cruzaltense: Serrano e Santa cecílio (militar).

Cem anos do Sport Clube Guarany são tratados em documentário acadêmico

Lino Ceretta
Película será exibida na quinta-feira, dia 05, no Salão Nobre da UnicruzComemorando cem anos no dia 20 de setembro deste ano, o Sport Club Guarany foi presenteado com o documentário “Taba de Memórias”. Produzido pelos acadêmicos de Jornalismo da Universidade de Cruz Alta, Davi Pereira, Oscar Van Riel, Adrieli Fogaça, Pedro Henrique Amarante e Marcos Nogueira, o documentário lança um olhar diferenciado sobre a década de história. O projeto foi elaborado durante o primeiro semestre de 2013, com o objetivo de destacar as memórias de torcedores e ex-atletas sobre o legado do clube cruz-altense.

Nos mais de 30 minutos de documentário, nomes reconhecidos do cenário esportivo em Cruz Alta marcam presença. Os ex-jogadores Teixeirinha, Batista, Rafael Reis e Cristiano Prudêncio, a torcedora Nice Padilha, o líder da torcida organizada Irineu Bilibio e o ex-jogador e historiador Lino Ceretta recordam o centenário do Clube.

A película será exibida na quinta-feira, dia 05, no Salão Nobre da Unicruz durante mais uma sessão do Cinema Papo & Pipoca. O CP&P é um projeto do Núcleo de Conexões Artístico-Culturais (Nucart) da Unicruz. Nessa atividade, além da exibição de filmes, são promovidas discussões em torno da temática e dos detalhes de produção das obras em cartaz. A sessão está prevista para as 19h30min no Salão Nobre do campus e é aberta à comunidade. (Fonte: Redação Cruz Alta Online/João Pietro Bridi com informações do Clube da Pauta)

Nenhum comentário: